Publicidade

in ,

Prorrogação do Auxílio Emergencial e Defendida Pelo Presidente

Bolsonaro Defende a prorrogação do auxílio emergencial que ajuda muitas pessoas nessa pandemia no Brasil

Prorrogação do Auxílio Emergencial e Defendida Pelo Presidente
Prorrogação do Auxílio Emergencial e Defendida Pelo Presidente

A prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600 está praticamente definida.

Publicidade

O Auxilio foi criado para individual, autônomos, desempregados e microempreendedores, (MEIs), criado durante a pandemia, atualmente paga cinco parcelas de R$ 600 podendo se entender.

Publicidade

Publicidade

Fontes do governo afirmam que o avalia cogitado atualmente é de R$ 300 por parcela

Publicidade

Na última quarta-feira, 19 de agosto, o presidente falou sobre uma possível prorrogação do auxílio. Hoje eu tomei café com Rodrigo Maia, no Alvorada, e também tratamos sobre o auxílio emergencial. Se o país se endivida demais, acaba perdendo sua credibilidade no futuro”, disse ele.

Publicidade

Na última quarta-feira, 19 de agosto, o presidente falou sobre uma possível prorrogação do auxílio. Hoje eu tomei café com Rodrigo Maia, no Alvorada, e também tratamos sobre o auxílio emergencial. Se o país se endivida demais, acaba perdendo sua credibilidade no futuro”, disse ele.

O dinheiro é depositado em conta poupança social eletrônica da Caixa e movimentado pelo aplicativo Caixa Tem.

Publicidade

Publicidade

Beneficiarios do do Auxílio fora do Bolsa Familia 

Os beneficiários que não recebem do Bolsa Família, receberão o recurso por depósito em poupança eletrônica pelo aplicativo Caixa Tem. Inicialmente, o dinheiro só pode ser usado para pagamento de contas e boletos e compras por meio de cartão online, e só em segundo momento o recurso é liberado para saques e transferências.

Os beneficiários que se inscreveram pelo aplicativo ou website e nascidos em janeiro começam a receber a quinta parcela a partir do dia 28 de agosto.

Publicidade

Atualmente, o governo estuda criar mais parcelas do benefício reduzido. Porém, ainda não há nada concreto sobre a extensão. Apenas os cinco pagamentos estão garantidos.

Publicidade

O calendário de pagamento da 5ª parcela do auxílio para beneficiários do Bolsa Família segue até dia 31 de agosto. Novamente, o cronograma segue de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Publicidade

Atualmente, o governo estuda criar mais parcelas do benefício reduzido.

“Alguém falou aí de R$ 200, eu acho que é pouco, mas dá para chegar no meio-termo, e nós buscarmos para que ele venha a ser prorrogado por alguns meses, talvez até o antes do ano, de modo que nos consigamos sair dessa situação”, continuou.

Publicidade

Publicidade

Pagamento da 5ª parcela do Auxilio Emergencial

O pagamento da quinta parcela do auxílio emergencial, atualmente de R$ 600, vai começou a ser pago no dia 18 de agosto para os beneficiários do Bolsa Família.

No dia 18 de agosto, o pagamento foi liberado para para NIS com final em 1. Dia 31 de agosto, o último dia do calendário, o pagamento será liberado para o final 0.

Publicidade

Paralelamente à discussão sobre a prorrogação do auxílio, o governo também estuda a criação do Renda Brasil. Governa pensa em novo programa para substituir Bolsa Família

Publicidade