Publicidade

in

Qual a renda mínima para um financiamento imóvel?

Quer financiar uma casa e precisa saber qual a renda minima? Confira:

Qual a renda minima para um financiamento imovel
Qual a renda minima para um financiamento imovel

Para ter o financiamento da casa própria aprovado por qualquer banco, é importante ter renda mínima suficiente para pagar cada mensalidade, e levar em consideração o ambiente em que estamos vivendo, no qual a Pausa no financiamento da Caixa por até 6 meses foi uma maneira de assegurar o cliente em meio a pandemia.

Publicidade

Com os juros mais baixos, e a exigência de renda mínima diferentes, o valor de cada parcela do empréstimo também pode estar diminuindo. Por isso, a renda mínima necessária para receber o sinal verde do banco para o financiamento começou a ser menor.

Publicidade

Publicidade

Justamente por esse motivo vale a pena estar fazendo uma boa pesquisa antes de assumir um compromisso como esse que realmente é para a vida toda, pois caso você Está querendo adquirir um imóvel – Veja agora mesmo o banco que oferece o custo mais baixo de financiamento.

Publicidade

Como comparar a renda mínima exigida de cada financeira?

A grande maioria dos bancos avalia com muito cuidado a capacidade de pagamento do cliente, pois a pessoa que vai pedir o financiamento também precisa avaliar qual instituição é o melhor para o seu caso em especial. Justamente por isso que na grande maioria dos bancos em que o financiamento imobiliário é um dos serviços mais fortes, a Caixa Econômica Federal com o Financiamento Caixa, ganham de longe o coração da população.

Publicidade

Como comparar a renda mínima exigida de cada financeira
Como comparar a renda mínima exigida de cada financeira (Foto: Divulgação)

 A seguir, algumas condições para conhecer a melhor proposta:

  1. Taxa de juros de cada banco: A taxa de juros é o ponto de partida na hora de pegar um financiamento assim como o valor da renda mínima exigida, mas, atenção, porque as parcelas mensais não dependem apenas disso e sim no momento de calcular cada mensalidade, o banco inclui na conta geral os custos do seguro e outras taxas de cada instituição, como relacionadas à manutenção da conta.
  2. Custo efetivo de crédito (CET): Essa é a famosa taxa que vai definir a parcela mensal, porque esse indicador inclui os custos além dos juros, então preste atenção nisso também.
  3. Relacionamento com o banco: Financiamento imobiliário nada mais é que um empréstimo de muitos anos que no final terá uma grande recompensa. Por isso, é importante checar as condições praticadas pela instituição para outros produtos e serviços, como tarifas, investimentos, cartões de crédito e muitos outros.

Conheça também:

Publicidade

Publicidade