Publicidade

Como Calcular Seguro Desemprego: Passo a Passo Completo Aqui!

Anúncios

Calculo do seguro desemprego: aprenda como calcular o valor correto através do nosso passo a passo!

Certamente, poucas pessoas sabem como calcular o seguro desemprego. Caso seja uma dessas pessoas, vai apreender agora. Então, prepare a calculadora!

Publicidade

Essa informação é muito válida, pois é um dos principais direitos do trabalhador brasileiro. Sendo assim, aprender como calcular o valor correto do Seguro Desemprego te dará mais autonomia e entendimento sobre a legislação trabalhista (CLT). Por sua vez, nada melhor do que saber como fazer isso, sem a ajuda de um profissional. Pois, não é sempre que temos um a disposição.

Então, vamos deixar o passo a passo completo para que vocês consigam fazer sozinhos. Além disso, informações do valor e de quantas parcelas é possível obter.

Anúncios

Antes, veja o que é o auxilio do seguro desemprego e quem tem direito de receber.

O que é o Seguro Desemprego?

De acordo com o site da Caixa Econômica Federal, o Seguro Desemprego é uma assistência financeira, ou seja, um benefício temporário para que o trabalhador que está desempregado não fique desamparado.

// EXCLUSIVO
Descubra Qual é o Cartão Secreto
Descubra Qual é o Cartão Secreto
INTERNACIONAL DESCONTO NA LOJA APROVAÇÃO FÁCIL

Descubra qual cartão secreto!

Você permanecerá em nosso site
DESCOBRIR O CARTÃO

Sobretudo, o Seguro Desemprego é um direito muito importante do trabalhador brasileiro, oferecido para ele quando é demitido sem justa causa. O auxílio desemprego, como muitos chamam, é pago em até cinco parcelas.

Pois bem, chegou a hora de aprender como calcular Seguro Desemprego, vamos lá!

Como calcular o Seguro Desemprego

Aprenda como calcular os valores do Seguro Desemprego com nosso passo a passo completo!
Carteira de trabalho digital. (Foto: Reprodução)

Chegou a hora, vamos aprender como calcular o Seguro Desemprego! No entanto, é uma soma simples. Sobretudo, o auxílio temporário tem pré-requisitos que você também precisa entender para facilitar na hora do cálculo. Contudo, assim fica fácil de fazer. Então, pegue a calculadora que vamos começar!

Anúncios

Vamos entender também qual o valor das parcelas.

Primeiramente, uma explicação básica que você precisa saber. Faça a somar dos três últimos salários. Logo após isso, calcule os meses trabalhados até sua dispensa.

Atenção: Lembre-se que o Seguro Desemprego para o trabalhador doméstico e pescador é de um salário mínimo. Então, você que é de um dessas categorias deve calcular os dias trabalhados para saber quantas parcelas receberá.

Mas, vamos aprender de uma vez como calcular o Seguro Desemprego. Confia!

Anúncios

Para exemplificar melhor, veja o passo a passo:

Temos três faixas salariais que servem como base no seguro.

Primeiramente, efetue a média dos 3 últimos salários. E, em seguida multiplique o valor por 0,8, ou seja, 80% dessa média.

➥ Primeira Faixa: A primeira faixa são valores de até R$ 1.686,79. Sendo assim, basta multiplicar o salário médio por 0,80 – igual a 80%.

Anúncios

Caso seu teto salarial é de um salário mínimo, você receberá o valor igual a R$1.100,00.

➥ Segunda Faixa: Para os valores de R$1.686,80 até R$ 2.811,60 terá que multiplicar por 50%, e depois subtrai por R$ 1.349,43.

Veja o exemplo:

Anúncios

Média salarial igual a R$2.000,00.

R$2.000,00 – 1.686,80 = 313,20

R$313,20 x 50% = 156,60

R$1.349,43 – R$156,60=R$1.192,83

➥ Terceira Faixa: Valores acima de R$ 2.811,60 terá a parcela no do teto máximo que é de R$1.911, 84.

Nesse caso o valor a receber fica no teto máximo de R$1.911, 84 do seguro desemprego.

Então, certifique se seu o salário está na primeira, segunda ou terceira faixa. Depois, faça a soma dos valores. Caso esteja, na primeira faixa, basta aplicar 80% e obtêm o valor exato e assim por diante. Portanto se a média de salário é superior a R$ 2.811,60 você receberá, sem variante, o teto de R$1.911,84.

Quem pode receber o auxilio?

Como dissemos acima, todo trabalhador registrado com carteira de trabalho tem direito a receber o auxilio. Portanto, se é trabalhador formal tem todo direito ao Auxílio Desemprego e ao FGTS. Sobretudo, quando é dispensado do trabalho sem justa causa.

Mas, quais as categorias de trabalhadores formais têm direito a receber esse benefício?

O trabalhador formal e doméstico em decorrência da dispensa sem justa causa, seja direto ou indiretamente. Também tem direito ao Seguro Desemprego trabalhador registrado em carteira com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em concurso, ou qualquer programa de qualificação profissional. Pescador profissional. Além disso, o trabalhador resgatado em condições de trabalho escravo.

O Seguro Desemprego é um benefício social garantido pelo art. 7º – direitos sociais da Constituição Federal. No entanto, o auxilio do seguro foi introduzido para proteger os brasileiros desde 1986, durante o governo de José Sarney. Em um Decreto nº 2283 do mesmo ano.

Qual o valor do Seguro Desemprego?

Como já foi dito acima, o Seguro Desemprego é um direito do trabalhador formal. De acordo com a lei, vai receber um salário-benefício durante três a cinco meses. O valor considera os salários dos últimos três meses desse trabalhador. Nesse caso, o valor mínimo que é igual o salário mínimo, valor de R$1.100,00 e o teto máximo no valor de R$ R$1.911,84.

Saiba como receber o Auxilio Desemprego

Para finalizar, entenda o que fazer para receber o Seguro Desemprego nas agências bancárias. Antes de tudo, você precisa conferir se está enquadrado em todas as condições. Com isso, você pode solicitar o Seguro Desemprego através da Superintendência Regional do Trabalho e do emprego, Sistema Nacional do Emprego, Secretaria Especial da Previdência e Trabalho, pelo portal do Governo, Pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital e presencialmente nas unidades regionais do trabalho, porém precisa agendar.

Documentos para solicitar o Seguro

Documentos para o trabalhador formal, doméstico, pescador e resgatado:

  • Documento de identificação civil válido;
  • CPF
  • Guias do seguro-desemprego;
  • Cartão do PIS-Pasep;
  • Cartão do Cidadão;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS (verificar todas que o requerente possuir);
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho – TRCT devidamente quitado;

Documentos de Identificação:

  • Carteira de identidade;
  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento0;
  • Carteira nacional de habilitação (modelo novo);
  • O modelo novo da Carteira de trabalho
  • Passaporte ou a reservista;
  • Três últimos contracheques;
  • Levantamento dos depósitos do FGTS;
  • Comprovante de residência e de escolaridade.

Aprendeu?

O cálculo do auxilio-salário é fácil e simples de aprender. Então, se baseie em nosso passo a passo para fazer o seu. O Seguro Desemprego é um dos principais direitos dos trabalhadores formais.

Caso tenha achado fácil fazer o cálculo dos valores do Seguro Desemprego deixe um comentário, bem como se ainda restar dúvidas!

// Veja mais com

Aplicativos Que Pagam Em Dinheiro: Melhores e Atuais

Já ouviu falar sobre os aplicativos que pagam em dinheiro por, indicação, convites e missões, e como ganhar dinheiro com isso? Se não ouviu, vai ficar sabendo sobre eles agora, e caso já conheça, vamos mostrar quais são os melhores. A novidade dos aplicativos que pagam em dinheiro já é algo que muitas pessoas fazem. …

Como Calcular Seguro Desemprego: Passo a Passo Completo Aqui! Leia mais »

CONTINUAR LENDO