Publicidade

in

Está querendo adquirir um imóvel? Veja agora mesmo o banco que oferece o custo mais baixo de financiamento.

Através de pesquisas e levantamentos o comprador Melhor Taxa diz quais os bancos com as menores taxas para financiamento de imóveis.

casa financiamento
casa financiamento

Em baixa histórica a taxa Selic , aplicando o valor de 2% ao ano, vem diminuindo os juros do sistema operacional em se tratando de crédito imobiliário para financiamento. Em resultado disso, nos dias de hoje a Caixa e os concorrentes, sistemas operativos Grandes Bancos Privados, cobram taxas semelhantes nas linhas que utilizam recursos da poupança.

Publicidade

De acordo com uma pesquisa, o comparador de empréstimos hipotecários Melhor taxa, os juros dos bancos atualmente variam de 6,75% a 8,10% ao ano. Mas a taxa de juros é apenas o primeiro indicador que o consumidor deve procurar ao buscar financiamento imobiliário. O mais relevante é comparar o Custo Efetivo Total (CET) para realizar o financiamento entre sistemas operacionais de bancos.Isso porque o banco pode oferecer uma taxa de juros mais baixa, porém no fim de tudo, considerando o preço de realização segura e outros custos de financiamento de realização, o crédito pode ficar mais caro.

Publicidade

Publicidade

Quais bancos cobram taxas de juros mais baratas?

Cobrando a menor taxa de juros, a Caixa e oferece CET mais baixa no financiamento. A Caixa é seguida pelo Santander, que comunicou uma redução dos créditos imobiliários com cobrança de juros para 6,99% em época de pandemia. Logo, vem os bancos Itaú, Bradesco e BB, com as melhores taxas.

Publicidade

 

Publicidade

Qual Banco Escolher para Financiar um Imóvel? (Foto: Reprodução)
Qual Banco Escolher para Financiar um Imóvel? (Foto: Reprodução)

A desigualdade, no fim do financiamento, é relevante, tendo em vista que o devedor, é claro, não abata as parcelas anteriores. Enquanto na Caixa o devedor terá que pagar R $ 834,3 mil, no haverá Banco do Brasil sobe para R $ 841,1 mil. Ou seja, cerca de R $ 6,8 mil a mais.

O financiamento exigido para ambos os bancos também muda, pois quanto mais caro o financiamento, mais pesam as parcelas no orçamento. Na Caixa, é necessário ter um rendimento conhecedor de R $ 11,3 mil, enquanto no BB sobe para R $ 12,7 mil. Enquanto a primeira parcela na Caixa será de R $ 3,4 mil, no Banco do Brasil passará para R $ 3,8 mil.

Publicidade

Publicidade

As pesquisas são importantes

Marcelo Prata, diretor da Revenda, alerta que o banco onde o tomador mantém conta nem sempre oferece as melhores condições. Portanto, sempre vale a pena pesquisar, bancos de sistemas operacionais diversos. Os sistemas operacionais (bancos) estão ávidos por oferecer crédito e a competição é mais acirrada agora.

Outras condições oferecidas pelos Bancos, como prazo máximo de financiamento é o valor máximo financiado, muito relevantes para quem está com o orçamento curto, pois eles podem exigir menos valor de entrada e diluir mais conforme os gráficos ao longo do ritmo de execução. Ao definir o financiamento de longo prazo, porém, o mutuário deve estar ciente de que o benefício tem um custo, assim, ele terá que pagar juros por um prazo maior.

Publicidade

Modalidades de financiamento da Caixa

A Caixa passou a ofertar duas novas modalidades de financiamento desde o ano passado: indexados ao IPCA e prefixados. Enquanto não houver financiamento com juros fixos, o cliente tem a garantia de que uma parcela não vai flutuar nos próximos 30 anos, o financiamento o IPCA tem taxas de juros mais baixas. No entanto, aquele que recebe o empréstimo corre o risco de informações flutuantes.

Publicidade

Financiamento Caixa (Foto: Reprodução)
Financiamento Caixa (Foto: Reprodução)

Vale ressaltar que a venda casada no financiamento pode causar custos complementares para o cliente/mutuário (alerta Rafael Sasso, cofundador da MelhorTaxa) . O banco pode ofertar O Custo Efetivo Total (CET) menor, porém torna o financiamento um caro pacote de serviços anual.

Publicidade

Portanto, você precisa fazer as contas para ver se vale a pena. O mais importante é comparar CET para realizar financiamentos entre sistemas operacionais de bancos. Isso porque pode ser que o valor total executado nos sistemas operacionais do banco oferece uma taxa de juros mais baixa, mas em última análise, considerando o preço para fazer seguro e outras despesas para realizar financiamento, o crédito pode ficar mais caro.

Embora não haja financiamento com juros fixos, o cliente tem a garantia de que uma parcela não vai flutuar nos próximos 30 anos, o financiamento do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) tem taxas de juros mais baixas. O banco pode oferecer CET mais baixa, mas condicionar o benefício a um caro pacote anual de serviços.

Publicidade

Publicidade