Publicidade

in

Clientes PicPay e Nubank reclamam de sumiço de dinheiro em contas

Clientes PicPay e Nubank reclamam de sumico de dinheiro em contas
Clientes PicPay e Nubank reclamam de sumico de dinheiro em contas

Muitos clientes dos serviços dos bancos digitais como Nubank e PixPau, estão reclamando de sumiço de dinheiro em contas através das redes sociais, dizendo que recursos como o Auxilio Emergencial teriam desaparecido de suas contas nos dois bancos mencionados. Conforme a informação fornecido pela Nubank, esse problema teria acontecido por conta de uma falha no sistema da Caixa.

Publicidade

No caso da PicPay, o Procon notificou o banco por conta do sumiço do auxilio. Os beneficiários do Auxilio têm usado todos esses serviços para estarem tentando driblar a restrição que é imposta pela Caixa Econômica e suas previdências, para a realização de saques e transferências usando o app Caixa Tem.

Publicidade

Publicidade

Posição da Nubank em questão do sumiço de dinheiro em contas

Conforme informações oferecidas pelo Banco Digital Nubank sobre o sumiço de dinheiro em contas, alguns clientes que realizou pagamentos de boletos através da Caixa teriam recebido em sua conta digital uma quantia em dinheiro bem maior que o valor correto. Quando foi informado pelo banco, o Nubank diz que comunicou todos os seus clientes e estornou os valores de volta à própria instituição estatal.

Publicidade

Em nota, a Nubank disse:

Publicidade

“Assim que informado pela CEF sobre a situação, o Nubank, agindo de boa-fé, comunicou seus clientes sobre o equívoco e, seguindo as recomendações da CEF, iniciou o processo de estorno dos valores excedentes de volta para o banco estatal. As devoluções foram suspensas assim que o Nubank identificou inconsistências nos dados fornecidos pelo banco estatal”.

Por conta das reclamações que o banco sofreu, acabou suspendendo as devoluções à Caixa, e reverteu todos os valores de volta para seus clientes, que já haviam recebido os valores em suas contas. Também foi declarado pelo Nubank que está no aguardo de esclarecimentos do banco estatal.

Publicidade

Publicidade

Detalhe que o banco digital PicPay que possui cartões de fácil aprovação, e a Caixa, ainda não se pronunciaram sobre esse assunto.

Problema mais recorrente sobre o sumiço de dinheiro em contas que nem imaginam.

Engana-se quem acha que esse é o primeiro problema que a Caixa possui com os serviços de bancos digitais. Já tiveram problemas com clientes da PicPay sobre a tentativa de estar enviando para a Caixa suas carteiras de valores que eram relacionados ao auxilio, onde nesse caso, existiu um grande problema na comunicação entre todo os serviços do banco e da fintech, fazendo com que os valores não chegassem corretamente até o PicPay.

Publicidade

PicPay - sumiço de dinheiro em contas
PicPay (Foto: Divulgação)

Acabou sendo emitido pelo PicPay uma nota sobre esse assunto, que é:

Publicidade

“Desde o início da distribuição do auxílio emergencial, mais de 2,9 milhões de usuários concluíram a transferência do benefício para o PicPay com sucesso. Por instabilidade do sistema do Caixa TEM, um pequeno percentual das transações entre o aplicativos e o PicPay não é concluído. Nesses casos, o usuário deve fazer nova tentativa. Se a Caixa tiver debitado o valor utilizado para a transferência, o estorno deverá ser realizado pelo próprio banco”

Publicidade

Como funciona o calendário da 3° parcela do auxilio emergencial?

Foi liberado a partir do dia 08 de julho de 2020 os saques e transferências da primeira parcela dos aprovados inscritos no aplicativo e site do terceiro lote, e aqueles que fazem aniversario em março, dando um total de 400 mil trabalhadores, sendo que ao todo, o lote inclui 5,9 milhões de beneficiários. Todos os saques e transferências serão realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador e vai até o dia 18 de julho.

Esperamos que esse artigo tenha sido útil e informativo para você, e caso queira, conheça outros artigos com conteúdos semelhantes:

Publicidade

Publicidade