Publicidade

in

Caixa Tem empréstimos e cartões para quem é de baixa renda

Caixa Tem empréstimos e cartões para quem é de baixa renda facilitando muito mais a vida das pessoas nesse momento de crise.

Caixa Tem emprestimos e cartoes para quem e de baixa renda
Caixa Tem emprestimos e cartoes para quem e de baixa renda

O Caixa Tem empréstimos da Caixa Econômica Federal e suas previdências (CEF) passará por uma transformação que revolucionará o aplicativo, no qual poderá ser usado como “banco digital da baixa renda”, tendo novas funcionalidades, o aplicativo pode oferecer opções de microcrédito, seguros e cartões como o Cartão da Caixa para negativados, por exemplo, que é importante para aqueles que de alguma maneira precisam de crédito.

Publicidade

No momento, o Caixa Tem cartões e empréstimos está sendo usado para a realização do pagamento do auxílio emergencial, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (BEm) como uma maneira mais acessível e de evitar aglomerações em bancos por conta da pandemia causada pelo novo Coronovírus.

Publicidade

Publicidade

Conforme informações do banco, 91,7 milhões de poupanças sociais digitais foram gratuitamente abertas no ano de 2020 para os brasileiros que estão recebendo benefícios sociais assim como a Caixa Empréstimos: Dívidas poderão ser pagas daqui 180 dias, sendo medidas realizadas para auxiliar a vidas dos mais pobres e endividados nesse caos econômico que o Brasil está passando.

Publicidade

Caixa Tem empréstimos pelo Caixa Tem

Foi deixado bem claro que a entrada do microcrédito e empréstimos na plataforma do Caixa Tem está em fase de finalização para que a pessoa de baixa renda possa contar com empréstimos, seguros e de cartões de créditos de excelente qualidades e com limites conforme a necessidade do cliente.

Publicidade

Caixa Tem empréstimos pelo Caixa Tem
Caixa Tem cartões e empréstimos pelo Caixa Tem (Foto: Divulgação)

Também foi falado que a ferramenta irá liberar empréstimos de R$ 100, R$ 200 e R$ 300 de uma maneira bem mais rápida, simples e totalmente digital. Sendo beneficiados os brasileiros de baixa renda e trabalhadores informais que recebem o auxílio emergencial nesse momento mais complicado.

Conheça também outras opções:

Publicidade

Publicidade