Publicidade

Saiba tudo sobre o PIX! Entenda e aprenda como utilizar o sistema de pagamento do Banco Central

Publicidade

Veja como usar, fazer transferência, quais são as chaves do PIX e o que é de fato que o Banco Central quer proporcionar aos clientes com essa nova tecnologia financeira.

Pensando nisso, conhecer sobre o PIX o que é e como funciona é muito importante, principalmente para aqueles que buscam rapidez e segurança em movimentações no banco.

Publicidade

Publicidade

No decorrer desse artigo mostraremos mais detalhes sobre o PIX o que é, como usar, quais as chaves , se faz ou não transferência e a ligação dele com o Banco Central.

Afinal, o que é e como funciona o Pix?

Você sabe o que é o Pix Banco Central e como usar? Em resumo, é um meio de pagamentos e recebimentos por meio de transferências rápidas.

Publicidade

Mas, o que o Pix muda na vida dos brasileiros? Este novo sistema permite que os pagamentos feitos para você caiam em sua conta em menos de 10 segundos e a qualquer momento do dia.

Ou seja, você não vai mais precisar esperar dias até que os pagamentos caiam em sua conta, como acontecia antes, pois a partir do momento que entender o que é o Pix irá se apaixonar.

Afinal, o que é e como funciona o Pix?
Afinal, o que é e como funciona? (Foto: Reprodução)

Também não vai precisar esperar dias para saber se os seus pagamentos deram certo, afinal, em menos de 10 segundos você tem a confirmação de que estas transações foram realmente feitas.

Com o PIX do Banco Central tem o objetivo de baratear os custos das transações bancárias, além de diminuir o risco das transações feitas com dinheiro vivo, como forma de segurança para quem busca entender o que é.

Qual o significado de Pix?

PIX o que é e o que significa? A princípio, o nome escolhido pelo Banco Central, na verdade, não é nenhuma sigla, mas um termo que lembra conceitos como tecnologia, transação e pixel.

Aliás, a ideia é ser tão simples como uma conversa em redes sociais para realizar transferência através das chaves explicando exatamente o que é o Pix.

Quais as mudanças que acontecerão com o Pix?

Quando procuramos entender melhor sobre PIX e o que é, algumas das características surge. Por exemplo, a principal característica do Pix é sua agilidade.

Ou seja, o DOC e TED chegaram ao fim? Se um TED ou um DOC leva horas ou até dias para acontecer, com o Pix a movimentação financeira será na hora. Em até dez segundos o recebedor terá o dinheiro em sua conta através das chaves Pix simples de entender o que é.

Contudo, o Pix também vai mudar os fluxos de pagamentos de maneira geral. Hoje, para um pagamento eletrônico acontecer é necessária uma conta origem e uma conta destino.

mas também um emissor de cartão, um dono da maquininha, uma bandeira de cartão como a Visa ou Mastercard e um processador (que conecta todos os intermediários).

Chaves Pix: o que é e como funcionam?

Você sabe como usar as chaves Pix em transferências do Banco Central ou de outros bancos? As chaves PIX é simples de entender o que é, pois funcionam basicamente como o endereço da conta de algum cliente de um banco.

Assim, os clientes que aderirem ao PIX poderão realizar ou receber transferências informando apenas a sua chave.

Chaves o que é e como funcionam
Chaves o que é e como funcionam (Foto: Reprodução)

Se um cliente registrar, por exemplo, uma chave aleatória PIX, isso significa que, a partir de agora, aquela chave aleatória escolhida será a única informação a alguém ou alguma instituição para receber ou realizar uma transferência.

Quem for responsável pelo pagamento, só precisará colocar aquela informação na hora de preencher os dados para que o dinheiro caia na conta do cliente assim que entende melhor sobre o PIX e o que é.

Aliás, com chaves PIX e BC que começou a funcionar oficialmente em todo o país a partir do dia 16 de novembro.

Entretanto, alguns clientes selecionados já poderão aproveitar o serviço no dia 3 de novembro, como parte de uma rodada de testes de transferência e como usa corretamente através do Banco Central e de outros banco o Pix.

Cadastro

A grande maioria dos bancos aceitaram esse novo método de pagamento, inclusive o Nubank. Pensando nisso, por exemplo, vale conhecer quais chaves podem ser cadastradas pelo Banco Nubank assim que entender sobre PIX e o que é.

Entretanto, para fazer o cadastro e entender melhor sobre PIX o que é, precisam de uma conta corrente, poupança ou de pagamento em um banco, uma fintech ou uma plataforma de pagamentos.

O cadastro é banco que tem conta, como o internet banking ou o aplicativo, por exemplo. O cliente informará ao banco chaves Pix que vai querer usar para o cadastro, bem simples de entender o que é e como usar.

Assim que definir a chave e aprovar o cadastro Pix, o banco envia a informação do cliente para o Banco Central finalizar o cadastro em seu sistema.

Portanto, bancos, fintechs e outras instituições financeiras serão intermediadores entre o BC e o consumidor final.

Para aprender como usar para transferência, o que é de fato o Pix é simples, pois para o cadastro da chave basta procurar pela seção “Pix” dentro do app ou internet banking do seu banco.

Vantagens e benefícios

Vantagens do PIX

  • Ele é gratuito para as transações online entre bancos diferentes e entre pessoas física;
  • Deve gerar um custo menor a empresas, MEIs e também aos prestadores de serviço;
  • Funciona 24 horas por dia todos os dias da semana;
  • Facilidade na hora de realizar troca de instituição para utilização do sistema;
  • Não paga tarifas avulsas TED e DOC.

Desvantagens do PIX

  • Não é possível utilizar a opção de cartão de crédito;
  • Não tem como parcelar os valores;
  • Em pagamentos presenciais demanda o uso da internet;
  • Cada instituição financeira pode adotar uma política de cobrança e limitações diferente;
  • Tem a chance de sofrer tarifas quando realizado por telefone ou atendimento presencial;
  • Não há possibilidade de estorno nas transferências.

1 – Seguridade:

No pagamento na hora ou transferência quando aprender sobre PIX e o que é possui uma dinâmica interessante.

Isso porque ele permite a autenticação dos clientes com reconhecimento facial, biometria ou a versão que ele utiliza na habilitação do smartphone.

Dentro do sistema, ele terá o respaldo da segurança do sistema nacional, prevenção de fraudes, tempo máximo diferenciado e possibilidade de limite de valor através das chaves do PIX explicando o que é cada uma delas.

 2 – Velocidade de pagamento:

Quer aprender como usar o PIX e o que é ao seu favor? O tempo de processo de uma operação no Pix é na hora, tanto para quem paga como quem recebe.

Em resumo, a transferência através do PIX é finalizada em no máximo 10 segundos, sendo bem interessante, portanto, aprender o que é e como usar todas as chaves Pix do Banco Central e de outros bancos.

3 – Flexibilidade e disponibilidade para pagamento a qualquer hora do dia todos os dias:

O sistema funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, em todo o ano. Dessa forma, atenderá a todas as situações onde pessoas precisem realizar pagamentos, atendendo a todas as situações.

4 – Compatibilidade ao usuário:

O Pix tem compatibilidade com tecnologias de pagamento por aproximação, como a near-field communication (NFC). Suas chaves de identificação podem ser convertidas em QR Codes estáticos ou dinâmicos.

5 – Informações afiliadas ao fluxo de dados:

Em resumo, o PIX conseguirá agregar informações que o tornarão o banco de dados mais valioso da América latina e uns dos mais valiosos do mundo para transferências e muito simples de entender o que é.

Por esse motivo, nosso principal alerta se dá para manutenção de sua segurança em seus vários aspectos.

Informações afiliadas ao fluxo de dados:
Informações afiliadas ao fluxo de dados: (Foto: Reprodução)

Ou seja, do ponto de analytics, o banco central teme pela perda do rastreamento dos fluxos financeiros.

Assim, este controle permite muitos benefícios tais como evitar fraudes financeiras, lavagem de dinheiro e relatórios precisos da realidade do país desde o momento que entender sobre PIX e o que é.

6 – Variedade do uso por qualquer pessoa:

Segundo o Banco Central, o Pix promete aumentar a velocidade dos pagamentos e das transferências no momento que aprender como usar.

Aliás, isso sem contar que do potencial de aumentar a competitividade e a eficiência do mercado abaixando o custo das transações, uma vez que é praticamente 100% gratuito.

Conforme o Banco Central, outras vantagens seriam aumentar a segurança e aprimorar a experiência dos clientes e e promover a inclusão financeira de pessoas de renda menor.

Disponibilidade para uso

A disponibilidade do uso do PIX, assim que entender o que é, é para todos os app de bancos espalhados pelo Brasil que possua o programa, sem nenhuma taxa extra em transferência através das chaves simples de usar.

Como usar o Pix

Existem varias maneiras de acessar e cadastrar o Pix, mas no caso falaremos do passo a passo conforme o app da Caixa que é bem simples de aprender como usar, como por exemplo:

1: ao acessar a página inicial do app da Caixa, toque na categoria “Pix”, como mostraremos a seguir;

passo 1
passo 1 (Foto: Reprodução)

2: em seguida, pressione a opção “Cadastrar Chave”;

passo 2
passo 2 (Foto: Reprodução)

 3: então, toque em “Incluir”;

passo 3
passo 3 (Foto: Reprodução)

4: após ler o informativo sobre as informações necessárias para cadastrar sua chave Pix, toque em “Cadastrar Chave”;

passo 4
passo 4 (Foto: Reprodução)

5: feito isso, marque a opção que corresponde ao tipo de informação que você deseja utilizar com sua chave de transferência do Pix;

passo 5
passo 5 (Foto: Reprodução)

6: então marque a opção de declaração de acordo aos termos de uso para prosseguir, depois toque em “Continuar”;

7: logo após, informe a senha de sua conta da Caixa, para prosseguir toque em “Continuar”;

passo 7 Pix do Banco Central
passo 7 (Foto: Reprodução)

Passo 8: por fim, você terá cadastrado sua chave Pix com sucesso!

QR Code

Sabia que no momento que entender sobre o PIX e o que é, você tem varias maneiras de realizar pagamentos ou transferência?

Um deles é através do QR Code, que vem ganhando dia após dia mais espaço no mercado financeiro e abrindo portas para a segurança e praticidade do cliente.

O que é o QR Code?

Aliás, o que é o QR Code? Em resumo, o QR Code é basicamente um novo código de barras em 2D (o antigo código trabalha com apenas uma dimensão, a horizontal, e o QR Code usa códigos com informações tanto no plano horizontal como na vertical).

Chaves Pix:

Você sabe como funciona as chaves Pix, o que é e como usar? A princípio, na definição do Banco Central, as chaves Pix são apelidos usados para identificar a sua conta. Ou seja, em outras palavras, elas são um código que representa a sua conta no Pix.

Funciona assim: se você é cliente de um banco que aderiu ao Pix, sua conta fará e receberá pagamentos desse tipo.

NFC (Near Field Communication):

Em resumo, a tecnologia NFC (Near Field Communication) é uma tecnologia de curto alcance sem fio, que permite a troca de informações de forma rápida e sem fios entre o telefone e outros habilitados.

No caso é para NFC smartphones, acessórios inteligentes, e os pontos de acesso habilitados para NFC. Contudo, você também pode usar a tecnologia NFC para salvar, visualizar, criar ou alterar as etiquetas inteligentes.

Entretanto, dependendo dos apps que você adicionou ao seu telefone, você pode ser capaz de usar o telefone como um passe de trânsito ou como um passe de acesso, tocando a parte de trás do seu telefone contra um ponto de acesso com tecnologia NFC.

Transferências com o Pix

Quer saber o que é e como funciona PIX transferências bancárias? Aliás, o Pix já está disponível para facilitar pagamentos entre pessoas entre empresas.

Afinal, é bem simples de entender como usar, pois só é necessário informar as chaves Pix Banco Central do destinatário para pagar (sem dados de conta ou documentos).

Pagamentos

Quer aprender como é e como você pode se beneficiar das tecnologias de pagamento do Pix de maneira segura?

A princípio, para transferir valores entre bancos (por exemplo, entre Bradesco e Itaú), é necessário que uma comunicação entre bancos aconteça.

Ou seja, Bradesco precisa enviar essa transação por meio do SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiro) até o Itaú receber.

Entretanto, com o pagamento na hora com o Pix Banco Central, esse processo de ponta a ponta dura alguns minutos, com transferências em tempo real e simples de entender como usar e o que é.

Perguntas frequentes:

 A seguir, falaremos de algumas das maiores dúvidas a respeito do que é o Pix, como usar e muito mais, como por exemplo:

O cadastro do Pix é obrigatório?

Tudo irá depender de como seu banco vai usar o Pix, ou seja, se ele instruir para que seja cadastrado então cadastre.

Caso apenas seja dado o comunicado, você pode escolher em cadastrar ou não.

Quando começou a vigorar/funcionar o Pix?

O meio de pagamento e transferência na hora do Pix no Banco Central é bem simples de entender o que é e está disponível para toda a população desde o dia 16 de novembro.

O Pix é seguro?

Sim e muito, principalmente quando entender o que é o Pix, chaves de segurança do Banco Central e como  a transferência fica ainda mais fácil.

Qual o Compromisso do Banco Central com o Pix?

O maior compromisso entre o Banco Central e a criação do Pix é tornar ainda mais fácil o entendimento de como usar essa plataforma de maneira segura e ágil evitando burocracias.

O Pix vai ter custo?

Diferente do DOC e do TED, não cobra tarifas de pessoas físicas pela transferência. Um resolução do BC determinou que o uso será gratuito também para empreendedores individuais.

Para pessoas jurídicas, entretanto, os bancos poderão cobrar de taxa, tanto de quem paga quanto de quem recebe, mas o Banco Central ainda não informou os valores.

No caso de fraude, qual o procedimento a ser seguido?

Em uma situação em que o celular seja roubado, o processo de proteção de dados a ser seguido segue sendo informar o banco do ocorrido e fazer um boletim de ocorrência o mais rápido possível, incluindo com o Pix.

Para utilizar o Pix, preciso baixar algum aplicativo?

Uma dúvida comum dos clientes, entretanto, é em relação a como usar o Pix e o que é de fato. É necessário baixar um app do Pix? Existe um app do Pix?

A resposta curta é não. Você não precisa baixar nada específico para usar ele. Na verdade, o próprio app do seu banco é onde o cadastro tem que ser feito!

Preciso ter conta em banco para utilizar o Pix?

Conforme o Banco Central, o cliente não precisa ter conta em banco para realizar a transferência, basta abastecer a carteira digital do Pix que também funciona como uma conta digital, para enviar e receber o dinheiro.

Consigo utilizar o Pix tendo somente conta poupança?

Em resumo, as pessoas precisam ter conta em um banco de pagamento que seja participante do Pix.

Essa conta pode ser uma conta corrente, uma conta de poupança ou uma conta de pagamento pré-paga. Ou seja, sim consegue usar o Pix através da conta poupança.

Quais instituições financeiras ofertam o Pix?

Até o presente momento, todas as instituições do Brasil ofertam o Pix, pois no momento que entenderam o que é e o seu sucesso, não poderiam deixar de fora, não é mesmo?

Como mudar a chave Pix para outra conta?

No próprio app você consegue alterar ou acrescentar mais de uma chaves Pix, por exemplo, de maneira simples e rápida.

Tem como fazer cadastro em mais de um Banco?

Você tem direito pelo menos três chaves Pix e cadastrar todas elas num único banco. Mas pode também designar cada chave para um banco diferente.

Tem como fazer cadastro em mais de um Banco Central
Tem como fazer cadastro em mais de um Banco? (Foto: Reprodução)

Por exemplo, se você tem conta no Banco do Brasil, pode cadastrar sua chave Pix de e-mail. Assim, para receber pagamentos e transferências direto na sua conta do BB.

No meu banco como vai funcionar o Pix?

Cada banco é um banco, ou seja, no momento que entrar no app verá a propaganda dizendo para se cadastrar. Assim por diante, apenas siga o passo a passo indicado e se cadastre.

Posso receber através do Pix mesmo não me cadastrando no sistema?

Sim, mas para isso é preciso que você tenha conta em um banco que ofereça Pix.

Para receber um Pix sem ter feito o cadastro no sistema, portanto sem a chave Pix é simples. O recebedor informe os dados da conta, com conta corrente, CPF, agência, etc.

Como funciona o Pix no auxílio emergencial?

Já que o auxílio Emergencial e FGTS estão disponíveis, os beneficiários do auxílio que não fazem parte do Bolsa Família possuem duas datas de pagamentos da ajuda financeira.

Em resumo, a primeira corresponde à data do deposito em conta, no qual os usuários podem fazer compras e pagamentos usando o Cartão de Débito Virtual através do aplicativo Caixa Tem.

Os saques e transferências ficam disponíveis em outra data. Agora com a novidade do PIX você não precisa mais esperar tanto tempo para movimentar o dinheiro.

O Pix é gratuito em todos os bancos?

Assim que entender o que é o Pix e gostar, saber se é gratuito é o próximo passo. Ou seja, todos os bancos com mais de 500 mil clientes deverão oferecê-lo como uma forma de pagamento em seus apps e serviços digitais.

Tanto clientes em pessoa física quanto pessoa jurídica. Ou seja, empresas e estabelecimentos usarão o Pix e suas chaves para fazer e receber pagamentos.

O Pix vale a pena?

Assim como conhecer quais os cartões de crédito com anuidade zero é importante, conhecer melhor sobre o que é o Pix, como usar e se vale a pena também é.

Pensando nisso, com todas as informações sobre a plataforma, entendemos que vale a pena sim se cadastrar de maneira segura e rápida.

Conclusão

Concluímos que, assim que entender o que é o Pix, como usar, como funciona a transferência, quais as chaves e se vale a pena ou não, se cadastrar será útil para você como cliente, sem dúvidas.

Se mesmo assim quer entender melhor, veja o vídeo a seguir e aproveite!

Conheça também:

PIX: Banco Inter inicia pré-cadastro para clientes interessados