Publicidade


Passo a passo para dar entrada no seguro desemprego online

dar entrada no seguro-desemprego

Você sabe como funciona o processo de dar entrada no seguro desemprego, agendamento pelo telefone ou aplicativos, cálculo e prazos para recebimento?

É muito complicado entender todos os detalhes para dar entrada no seguro desemprego de maneira segura e ágil. Porém, o brasileiro tem o costume de aprender algo apenas quando precisa.

Publicidade


Portanto, ensinaremos como dar entrada e como funciona o agendamento no seguro desemprego, com todos os prazos disponíveis e com o cálculo correto via aplicativo.

O que é o seguro desemprego?

Afinal, você sabe o que é e como dar entrada no seguro desemprego? Em resumo, o Seguro Desemprego, um dos mais importantes direitos dos trabalhadores brasileiros, é um benefício que oferece ajuda em dinheiro por um período.

Publicidade


O seguro é pago de três a cinco parcelas de forma contínua ou alternada, de acordo com o tempo trabalhado.

O que é o seguro-desemprego
O que é o seguro desemprego (Foto: Reprodução)

Dessa forma, a Caixa trabalha como Agente Pagador do Seguro Desemprego. Onde os recursos são custeados pelo FAT, nos termos da Lei nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990.

Isso com a possibilidade de dar entrada no seguro desemprego ou no agendamento pelo app, já com o cálculo e prazo definido.

Quem pode solicitar?

Além disso, antes de dar entrada no seguro desemprego ou procurar entender detalhes de agendamento, prazos para recebimento de até o cálculo certo, saiba quem pode pedir o seu pelo aplicativo.

Publicidade


Afinal, quem possui direito ao benefício?

  • O trabalhador que tiver sido dispensado sem justa causa;
  • Estiver desempregado, quando fizer o pedido do benefício;
  • Pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses anteriores à data de dispensa, quando da primeira entrada;
  • Menos de 9 meses nos últimos 12 meses anteriores à data de dispensa, quando da segunda solicitação;
  • A cada um dos 6 meses anteriores à data de dispensa, quando dos outros pedidos;
  • Não possuir renda própria;
  • Não estiver recebendo benefício de prestação da Previdência Social, a não ser pensão por morte.

Qual o valor do seguro desemprego? Quanto irei receber?

Primeiramente, antes de saber qual o valor do cálculo e dar entrada no seguro desemprego através do aplicativo já com agendamentos e prazos para recebimento, precisa solicitar Cartão Cidadão pela internet.

Por outro lado, com tudo certo, o cidadão receberá a primeira parcela do seguro em 30 dias, em caso de ajustes, esse tempo pode aumentar.

A princípio, o valor do benefício não pode ser menor do que o reajuste do salário mínimo em 2021 e a parcela máxima é de R$ 1.813,03, dependendo da média salarial.  Assim, o trabalhador receberá entre três e cinco parcelas, de acordo com o tempo trabalhado.

Publicidade


Veja a seguir uma tabela sobre o cálculo, agendamento e prazos de recebimento pelo app depois da entrada do seguro desemprego:

Tabela do agendamento do seguro-Desemprego e cálculo
Cálculo do valor da parcela seguro desemprego (Foto: Reprodução)

Quais os prazos para recebimento do seguro desemprego?

Logo depois de entender quais os prazos para recebimento do seguro desemprego online pelo aplicativo além do cálculo e agendamento correto, saiba qual o caminho seguir para conseguir um emprego.

Mas, pensando em ajudar todos que estão com dúvida de dar entrada no seguro desemprego e não sabe os prazos certos para recebimento, veja mais a seguir:

  • Trabalhador formal: do 7º ao 120º dia, contados da data de dispensa;
  • Bolsa qualificação: durante a suspensão do contrato de trabalho;
  • Empregado doméstico: do 7º ao 90º dia, contados da data de dispensa;
  • Pescador artesanal: durante o defeso, em até 120 dias do início da proibição;
  • Trabalhador resgatado: até o 90º dia, a contar da data do resgate.

Aliás, fica suspensa a exigência do prazo de 120 dias, contados a partir do 7º dia após a demissão.

Publicidade


Isso para que o trabalhador exerça seu direito de requerer a dar entrada no seguro desemprego, até que cesse o estado de calamidade pública e de emergência de saúde pública decorrentes da pandemia do coronavírus (Covid-19).

Contudo, falando sobre isso, procure entender como funcionará os empregos pós pandemia para já ter uma base do que precisa fazer.

Regras

Em primeiro lugar, quando der entrada no seguro desemprego já com agendamento do prazo para recebimento com o cálculo certo através do app, verá algumas regras, como por exemplo:

  • Todo trabalhador formal e doméstico, em virtude da dispensa sem justa causa, inclusive dispensa indireta;
  • Trabalhador formal com contrato suspenso por conta de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pela empresa;
  • Pescador profissional durante o período do defeso;
  • Trabalhador resgatado da condição como a de escravo.

Passo a passo para entrada do seguro desemprego

Entretanto, de entender melhor do cálculo e todos os prazos para recebimento, entenda como será o agendamento para dar entrada no seguro desemprego com segurança e de maneira simples.

Publicidade


Como fazer agendamento do seguro desemprego pela internet

Em resumo, sobre as condições que dão direito ao benefício, o trabalhador não pode ter renda fixa própria o bastante para o sustento próprio ou da família.

Pois, para pedir o seguro, o cidadão precisa de algumas informações para o agendamento como já mencionamos acima.

Portanto, veja como dar entrada no seguro desemprego de maneira simples online ou pelo aplicativo com todo o cálculo distribuídos para os prazos de recebimento, como por exemplo:

  1. Acesse o Portal Emprega Brasil;
  2. Clique em “Cadastrar” no menu à esquerda do site, abra a página de cadastro;
  3. Preencha o formulário com os seus dados pessoais;
  4. Assim que liberado, vá até à opção do seguro-desemprego;
  5. Por fim, preencha um formulário de oito etapas com questões sobre atividades laborais, formação acadêmica e experiência profissional.

Documentação necessária

Contudo, veja a seguir quais os documentos necessários para dar entrada no seguro desemprego já com agendamento, tanto pelo aplicativo quanto telefone:

Publicidade


  • Requerimento do seguro desemprego (2 vias, em papel comum A4, preto e branco, sendo os dígitos iniciais do requerimento “77”);
  • Documento de Identidade com foto (RG ou Carteira de Trabalho modelo Passaporte ou CNH);
  • Comprovante PIS/Pasep ativo (cartão ou extrato atualizado ou Cartão do Cidadão);
  • CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Comprovante de Escolaridade;
  • Carteira de Trabalho;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT), acompanhado do Termo de Quitação (TQ) ou Termo de homologação (TH), para contratos de trabalhos com duração de 1 ano ou mais;
  • Comprovante de vínculo empregatício;
  • Comprovante de salário dos três meses anteriores ao mês da dispensa.

Por onde solicitar?

Aliás, os canais de solicitação do seguro desemprego, o trabalhador encontra através dos meios:

  • Ao acessar o site do Governo Federal;
  • Aplicativo da Carteira de Trabalho Digital;
  • Ou então, entrar em contato com a Superintendência do Trabalho da região em que se encontra através de e-mail.

Como agendar o seguro desemprego pelo telefone?

Além disso, também é possível fazer o agendamento por meio de telefone ligando para o número 158 com os mesmos documentos já mencionados em mãos.

Assim, uma vez agendada uma data o trabalhador tem que levar todos os seus documento conforme como mencionamos acima.

Portanto, se tudo estiver de acordo, a primeira parcela já estará disponível para saque em um período mínimo de 30 dias.

Publicidade


Aplicativos para solicitar Seguro desemprego

Aplicativo CAIXA Trabalhador
Aplicativo CAIXA Trabalhador (Foto: Reprodução)

Por outro lado, no Aplicativo Caixa Trabalhador, você se informa sobre o Abono Salarial e dar entrada no seguro desemprego, confere prazos de recebimento e agendamento por telefone, consulta as parcelas liberadas já com o cálculo e ainda tira dúvidas.

Como baixar o Aplicativo CAIXA Trabalhador – Como usar?

Primeiramente, existe a versão para baixar tanto no Android quanto no iOS e o controle é bem simples, começando tudo através de seu CPF e senha cadastrada. 

Como consultar o saldo do seguro desemprego?

Por outro lado, outro serviço disponível é o de consulta de saldo, que após baixar o app, o trabalhador precisa entrar com o número do seu CPF ou o número do seu NIS.

Depois de fornecer essas informações sobre NIS ou CPF, o app já vai procurar as informações relacionadas ao cadastro.

Publicidade


Para ver valores é necessário cadastrar uma senha (ou entrar com a senha já cadastrada). Então, clicar em “Ver os valores”. Por fim, cadastre uma senha, entre com a cadastrada, ou solicite a reconfiguração da senha de acesso.

Meios de contato para informações sobre o seguro desemprego

  • 0800 726 0207.

Que é o Serviço de Atendimento ao Consumidor da Caixa Econômica Federal, onde recebe atendimento exclusivo.

Conclusão

Então, depois de entender todos os detalhes e dicas para dar entrada no seguro desemprego, o cidadão entende que se faz parte das regras informadas, tem o direito de pedir o seu agendamento também pelo telefone de maneira simples e sem burocracias.

Contudo, lembre-se que todo esse processo através do app acaba se tornando ainda mais fácil, evitando dores de cabeça no futuro.

Publicidade


Gostou? Entenda na prática mais detalhes sobre esse processo na web a seguir:

Por fim, veja também: